Você também pode criar o seu abaixo-assinado!

Manifesto Livre!
Por uma União dada vez melhor, nós queremos: FORA ARESKI DE FREITAS!

Nós, cidadãos palmarinos, estarrecidos, temos assistido nosso amado município retroceder de forma descomunal e incontrolável no Índice de Desenvolvimento Humano da ONU, que mede a qualidade de vida dos habitantes de todas as cidades do país, e também no Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal, que usa no cálculo dados de emprego, renda, educação e saúde enviados pelos próprios municípios ao governo federal.

Vimos ainda, no pleito próximo passado o desrespeito com que representantes das oligarquias municipais conduziram uma eleição municipal fétida, extravagante e duvidosa.

Vimos a posse de um prefeito eleito sob a suspeita da perversa prática clietenlista da compra de voto.

No decorrer dos dez meses da administração pífia e desastrada de ARESKI DE FREITAS, vieram à tona suspeitas de improbidade administrativa e de outros vícios administrativos maléficos ao desenvolvimento de nosso município. Motivo pelo qual iniciamos um movimento através deste documento público visando o afastamento do atual Prefeito de União dos Palmares, ARESKI DAMARA DE OMENA FREITAS JUNIOR.

Este não é um documento subversivo; não visamos agitar nem pretendemos conduzir; assim como não temos a intenção de conduzir, pretendemos esclarecer que a corrupção se encontra no seio do descaso com que, quase todos nós, tratamos nossas vidas, ajudando a manter um sistema que nos escraviza pelo nosso silencioso consentimento!

A compra de voto é a porta de entrada da corrupção e da má gestão pública, que levam ao caos as instituições políticas e sociais, situação presente em nossa cidade neste momento repugnante! Mas isso remete a antecedentes históricos, na sua maioria, os atos de roubalheira foram e continuam sendo abafados pelos "políticos profissionais" cooptados em suas facções oligárquicas. Modelo enraizado em TODAS as práticas e instituições políticas desenvolvidas na cidade.

É lamentável, porém necessário que a população palmarina saiba que o prefeito de União dos Palmares, ARESKI DE FREITAS, empossado, em tese, pelo exercício do clientelismo político, é objeto de denúncia por COMPRA DE VOTOS junto ao TRE (O TRE recentemente encaminhou ao Município de União dos Palmares Ofício requisitando cópia da "Demonstração da Despesa pelas Categorias Econômicas", em consonância com o Anexo nº 7, da lei nº 4.320/64, relativamente aos exercícios financeiros de 2001 a 2008, relacionados ano a ano; relação dos beneficiários do "Programa Ver Melhor", com a respectiva qualificação e data de ingresso no programa, nos anos de 2006 a 2008; cópias das receitas médicas utilizadas para concessão dos benefícios, nos anos de 2006 a 2008, relacionadas ano a ano; entre outras coisas), além de está sob fortes indícios de crimes de IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA e APROPRIAÇÃO INDÉBITA, tendo o Ministério Público de Alagoas, através dos seus representantes em União dos Palmares, encaminhado à Delegacia Regional de União dos Palmares solicitação para abertura de Inquérito Policial a fim de apurar o não repasse à Caixa Econômica Federal de valores retidos regularmente nas folhas de pagamentos de funcionários que possuem empréstimos consignados com o banco.

Outrossim, segundo a ex-vereadora Genisete de Lucena Sarmento o Município de União dos Palmares não consegue retirar a CND porque além de possuir uma dívida de aproximadamente R$ 25 milhões junto ao INSS e de quase R$ 1 milhão junto ao FGTS o município está irregular em 08 dos 13 itens junto ao Cadastro Único de Convênios - CAUC, motivo pelo qual não pode acessar as chamadas "transferências voluntárias" da União; ainda segundo a ex-vereadora o município recentemente teve nova inclusão no Cadin-Cad.Inf. dos Créditos não Quitados do Setor Público Federal, mas precisamente em 11.07.09 e 05.11.09.
O clientelismo, tão exacerbado e constantemente velado em nossa cidade, poderá ser acobertado novamente, como outrora já fora, pelos representantes do Poder Público, pela mídia local e regional (Emissoras de Rádios, TVs, Jornais, sites e blogs) historicamente manipulada e cooptada por essas elites corporativistas.

Por estas razões, os CIDADÃOS PALMARINOS conclamam uma reflexão e mobilização no sentido de que seja realizada a CASSAÇÃO DO CARGO e DOS DIREITOS POLÍTICOS do então Prefeito de União dos Palmares e de todos o que com ele compactuaram ou se omitiram para que fosse alcançado o sucesso nas empreitadas ilícitas.

Ação originada e legitimada no seio da população local através da rejeição de 80% da sociedade palmarina a atual gestão municipal e que por meio deste manifesto solicita o acompanhamento rigoroso de todas as instituições democráticas, principalmente do MINISTÉRIO PÚBLICO DE ALAGOAS através de seus representantes em União dos Palmares, para o afastamento definitivo deste mal que assola a sociedade Palmarina.

É esta a sociedade velada que queremos que continue? A única maneira de construirmos uma cidade diferente é ensinando que político desonesto e incompetente não tem imunidade, mas sim RESPONSABILIDADE.

Conclamamos os movimentos sociais, as associações de classes e os sindicatos de categorias presentes em União dos Palmares a aderirem a esse movimento que entrará para a história do país como uma verdadeira lição de democracia, onde o poder emana do povo, para o povo e pelo o povo. E o povo palmarino já demonstrou absoluta insatisfação com o (des) governo de Areski de Freitas.

Povo de União dos Palmares, uni-vos! FORA ARESKI DE FREITAS! UNIÃO EXIGE RESPEITO!


MOVIMENTO EM DEFESA DO MUNICÍPIO DE UNIÃO DOS PALMARES
MDMUP

JOSIVALDO BATISTA RAMOS
Idealizador
Nome*:  
E-mail*:  
Estado*:
Mensagem:

Você também pode criar o seu abaixo-assinado!

©2007 | As visões expressadas aqui são de responsabilidade de seu criador e não coincidem com as visões do Manifesto Livre. O Manifesto Livre apenas disponibiliza uma ferramenta para a opinião popular.

Termos de Uso










O Manifesto Livre é uma iniciativa da: