Você também pode criar o seu abaixo-assinado!

Manifesto Livre!
Derrubar a LEI Nº 11.343/06.
São inúmeros os perigos de uma lei que vai contra os nobres princípios de nossa Constituição, portanto pela justiça e paz do povo brasileiro pedimos a esta Corte que derrube a LEI Nº 11.343, DE 23 DE AGOSTO DE 2006 ou qualquer outra de igual natureza dando aos "alteradores de consciência" hoje proibidos às mesmas restrições que são dadas aos legais e cobre do Estado o ressarcimento aos danos morais e materiais causados pela mesma as suas vítimas.
Nós, povo brasileiro pelo poder a nós promulgado descrito na Constituição TÍTULO I. Dos Princípios Fundamentais - Art. 1º A República Federativa do Brasil - Parágrafo Único. "Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou DIRETAMENTE, nos termos desta Constituição", julgamos INCONSTITUCIONAL a LEI Nº 11.343, DE 23 DE AGOSTO DE 2006 pelos seguintes motivos:

A lei referente à política de "alteradores de consciência" fere o Princípio Constitucional em diversos aspectos, ao que se refere à individualidade, privacidade e propriedade, não cabe ao Estado decidir pelo cidadão o que fazer com o próprio corpo que é sua propriedade natural e legitima a qual mantem com seu próprio esforço, nossos representantes no PREÂMBULO da Carta nos assegura este direito inclusive da LIBERDADE na qual a citada Lei se opõe abertamente. Ao faze-lo cria-se um agravante, tratados como criminosos e classificados como MARGINAIS dificulta-se assim o acesso e permanência ao mercado de trabalho os que se veem motivados a experimentar os "alteradores" por esta lei proibidos, o que entra em conflito com o Artigo 3º parágrafo III que tem como objetivo "erradicar a POBREZA e a MARGINALIZAÇÃO...".

No tocante de sua obra, os legisladores estabeleceram uma ingênua distinção entre os "alteradores" ao qual todos nós sabemos que alteram igualmente a consciência e não primou pela JUSTIÇA e IGUALDADE ao insinuar que usuários de "alterador" (x) são meliantes enquanto os de "alterador" (y), socialmente aceitáveis, distante do que está sacramentado no Artigo 3º parágrafo IV - promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e QUAISQUER OUTRAS FORMAS DE DISCRIMINAÇÃO.

Temos plena consciência dos interesses internacionais por traz da Lei Nº 11.343, indo de encontro ao Artigo 1º Dos Princípios Fundamentais, parágrafo I - Soberania e ou o Artigo 4º parágrafo I - independência nacional, não cabe as instituições internacionais incluir o povo brasileiro em suas ideologias por mais bem-intencionadas que sejam.

O que deveria ser um corriqueiro problema de saúde pública se transformou em um confronto sangrento vitimando principalmente as camadas mais pobres da sociedade sem alcançar seu propósito de prevenir os possíveis danos de seu uso que mesmo proibidos continuam sendo usados sem nenhum controle ou fiscalização.
Nome*:  
E-mail*:  
Estado*:
Mensagem:

Você também pode criar o seu abaixo-assinado!

©2007 | As visões expressadas aqui são de responsabilidade de seu criador e não coincidem com as visões do Manifesto Livre. O Manifesto Livre apenas disponibiliza uma ferramenta para a opinião popular.

Termos de Uso










O Manifesto Livre é uma iniciativa da: